A Psicologia Transpessoal não é mais uma área da Psicologia, esta é uma abordagem paralela e independente das existentes. Tentando compreender o ser humano “para lá do pessoal”, integrando também a dimensão espiritual. Mas quais as diferenças?

A Psicologia Transpessoal significa “psicologia para além do pessoal/personalidade”, no sentido que a psicologia transpessoal ocupasse de capacidades humanas que estão para além do percetível. Esta abordagem procura desenvolver capacidades humanas potenciais relacionadas com estados superiores e estados alterados de consciência.

Esta abordagem nasce entre o final da década de sessenta e princípios da década de setenta, com Abraham Maslow e Antony Sutich como principais fundadores. Considerada na altura a quarta “força” da psicologia, sendo a primeira o comportamentalismo, a segunda a psicanalise e a terceira, o humanismo.

A psicologia transpessoal não é uma área, mas uma abordagem à semelhança da psicanálise, comportamentalismo, humanismo, entre outras, porem a psicologia transpessoal diferencia-se de todas as outras por ser a primeira a assumir e integrar a dimensão espiritual do ser humano.

Psicólogos famosos como Carl Rogers, Abraham Maslow destacam-se na psicologia transpessoal. Esta é mais ampla que as outras  abordagens, por compreender que o ser humano é muito mais do que conseguimos percecionar, existindo uma dimensão espiritual.

A Psicologia Transpessoal assume que o ser humano não é apenas corpo e mente, este também possui espírito. Logo a interação não se resume ao corpo e mente, mas sim corpo, mente e espírito. Desta forma, assume que existem perturbações e patologias que não se devem nem ao corpo, nem à mente, mas sim ao espírito.

Esta abordagem foca-se essencialmente sobre os estados alterados de consciência, como a meditação, a hipnose e o relaxamento. Além desses estados, esta abordagem também pesquisa as alterações e efeitos na consciência feitos por alucinógenos e estados místicos das tradições religiosas mundiais.

Desde o seu nascimento, até à atualidade, esta abordagem vem aumentando exponencialmente os seus seguidores, devido a vários fatores. Desde a dificuldade de explicar várias perturbações resumindo-se apenas ao corpo e mente, além de que descobertas em várias disciplinas cada vez mais corroborarem os princípios desta abordagem.

Esta abordagem encontrou ressonância na tradição espírita, porem os fenómenos mediúnicos são vistos como alterações da consciência. Principalmente no brasil isso verifica-se, tendo como consequência dois fenómenos extremos e paradoxais, por um lado esta associação pode promover o desenvolvimento da abordagem, mas por outro também pode provocar o descredito e o ceticismo.

Existem dois mitos centrais na Psicologia Transpessoal:

1)      A Psicologia transpessoal é magia ou religião.

2)      A Psicologia transpessoal assume a existência de vidas passadas.

A psicologia transpessoal é uma ciência séria, que busca ver o ser humano de uma forma holística, através do estudo da consciência. É de referir também que a psicologia transpessoal não assume a existência de vidas passadas, contudo é utilizada a técnica de regressão é utilizada para a criação de uma realidade na mente dos sujeitos, verificando-se inclusive uma técnica eficaz.

É importante referir que por muitos cientistas e investigadores a psicologia transpessoal não é vista com bons olhos, devido a que muitos cientistas e investigadores duvidam da existência do espírito, encontrando sempre resistências no meio académico. Porem de uns anos para cá descobertas revolucionárias de outras disciplinas como a física quântica, a teoria de sistemas, etc., vêm cada vez mais confirmar a existência do espirito, não resumindo o ser humano a corpo e mente.

E você, acredita no espírito?

Temas relacionados: A Importância da Psicologia ; Psicologia Clínica e a Relação Terapêutica ; Deus: Acreditar ou não Acreditar ; 9 Dimensões para Desenvolver a Criatividade; 12 Crenças Irracionais de Ellis ; Efeito Placebo: Conheça este Incrível Efeito; Descodificando o Segredo: Lei da Atração ou Efeito Pigmaleão? ; Psicosomáticas: Doenças e Sintomas ; Gravidez Psicológica: Desejo ou Medo?

Siga-nos no Facebook , no Twitter ou no Google+

Sem Spam

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!