O Primeiro Mês de Psicologia Free

Para quem não sabe, passou um mês desde o início de Psicologia Free. Foi há um mês atrás que a ideia se transformou em realidade. Portanto penso que é talvez o momento de fazer uma pequena análise de forma a ver se a ideia vai no bom caminho ou se precisa de ser reestruturada. Vamos então fazer um balanço do 1º mês.

Vamos então um pouco à estatística:

Até ao momento o espaço Psicologia Free obteve 3560 leituras dos artigos. Já se fizeram 30 artigos de várias áreas/categorias. Dando uma média de 119 leituras por dia.

O TOP 5 de Artigos mais visitados:

O que Não Sabe Sobre o Amor

A Importância da Psicologia

Psicologia Clínica e a Relação Terapêutica

6 Passos para Maximizar o Potencial de Empregabilidade

Deus, Acreditar ou Não acreditar?

 

Os artigos mais recentes são:

Como Ser um Perito a Detetar Mentiras

Esquizofrenia: Origem e Subtipos

Cérebro: Masculino Vs Feminino

12 Crenças Irracionais de Ellis

Bullying: 5 Medidas Essenciais para a sua Prevenção e Controle

 

No primeiro mês de existência Psicologia Free conseguiu 627 seguidores do Facebook, e 26 no Twitter. O que para mim excedeu as expectativas, visto ser o primeiro mês.

Sendo a maioria dos nossos seguidores de Brasil e Portugal, também chegamos a países como Espanha, Argentina, Itália, Peru, Uruguai, Venezuela, Paraguai, Bélgica, Nicarágua e Estados Unidos da América. Tendo em conta esta multinacionalidade foi introduzido um tradutor automático de forma a facilitar melhor o acesso às pessoas que nos acompanham e não falam Português.

Agora gostava, se fosse possível ter algum Feedback vosso! Se possível gostaria de saber os pontos fortes e fracos. As coisas que mais gostam e as que menos gostam. Todos os Feedbacks e Criticas servem para estruturar e aperfeiçoar o espaço Psicologia Free. E se este espaço é para quem nos acompanha, nada melhor que as pessoas que nos acompanham para decidir o que é melhor. Faça seu o nosso espaço! Obrigado!

Continue a acompanhar-nos! Estamos consigo!

Autor: Jorge Elói

 

Sem Spam

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!