O Cérebro Humano foi desde sempre um mistério e atualmente, com toda a tecnologia que a humanidade possuí ainda continua a sê-lo. Considerado por muitos investigadores de diferentes áreas, como a coisa mais complexa do universo. É algo extraordinário que através de células fluírem emoções, pensamentos e guardamos as nossas lembranças. O cérebro é responsável por sermos quem somos. Contudo apesar do mistério e da complexidade deste órgão extraordinário, a ciência já consegue identificar algumas áreas e as funções associadas.

Vou então descrever-nos um pouco de Neuropsicologia:

Lobo Frontal (zonas frontal) –  Está envolvido no planeamento de ações, movimento, pensamento abstrato e tomada de decisão. Este influencia também a criatividade, fluência de pensamento e de linguagem, as respostas afetivas e capacidades para ligações emocionais, vontade e determinação para ação e atenção seletiva. Muitos investigadores defendem que foi a ultima parte do cérebro a ser desenvolvida no decorrer da evolução, sendo esta responsável pelos humanos serem tão diferentes dos restantes animais.

Lobo Parietal (as zonas central) – É constituído por subdivisões. O córtex somatossensorial e tem por função possibilitar a receção de sensações, como o tato, a dor, a temperatura do corpo, isso em todas as áreas do corpo. O lobo parietal também analisa, interpreta e integra as informações recebidas, permitindo-nos a localização do nosso corpo no espaço, o reconhecimento dos objetos através do tato, etc.

Lobo Occipital (zona posterior) – Esta área é também designada por córtex visual, porque processa os estímulos visuais. É constituida por várias subáreas que processam os dados visuais recebidos do exterior existindo zonas especializadas em processar a visão da cor, do movimento, da profundidade, da distância, rosto de pessoas, etc. Aqui a informação também é analisada e interpretada, permitindo identificar e comparar o que vemos. Esta comunica com outras áreas do cérebro que dão significado ao que vemos, com base nas nossa expectativas e experiência.

Lobo Tempotal (zonas laterais) – É constituído por várias subáreas de grande relevância. Existe ainda diferença nas funções entre o lobo temporal esquerdo e direito. Estes entendem e processam a linguagem, guardam  memórias a médio, longo prazo e memórias complexas, processamento auditivo, são ainda responsáveis pela aprendizagem auditiva.

Área de Wernick ou Área da Linguagem: é responsável pelo conhecimento, interpretação e associação de informação. Lesões graves podem fazer com que uma pessoa, mesmo ouvindo perfeitamente, seja incapaz de agrupar as palavras e formar um pensamento coerente.

Área de Broca ou Área Motora da Linguagem: é responsável por converter o pensamento em movimentos da boca, língua, etc., produzindo sons da linguagem.

Cerebelo (zona mais entre o córtex e o bulbo raquidiano) – Das estruturas mais primárias e antigas do cérebro na evolução humana, no entanto não menos importante. Este coordena os movimentos enviados pelo cérebro, responsável pelo equilíbrio, a aprendizagem motora e memória processual (andar de bicicleta, dançar, escrever, etc.)

Bulbo Raquidiano (zona mais próxima da coluna) – A estrutura que liga o cérebro à coluna vertebral. À semelhança do cerebelo, é também das estruturas mais antigas do cérebro na evolução humana. Responsável por funções autónomas e primitivas, tais como: respiração, pressão sanguínea, frequência cardíaca, vómito, o ato de engolir, ato reflexo, também influenciando o sono e a tosse.

 

E você, já conhecia o cérebro humano?

 

Posts Relacionados: A importância da Psicologia ; Autismo: Conselhos e Características ; O que não sabe sobre o Amor ; 6 Dicas para Educar com Limites ; Birras: 6 Conselhos Úteis; Aprendizagem: 3 Regras para uma Estratégia Eficaz

Siga-nos no Facebook , no Twitter ou no Google+

Autor: Jorge Elói