A Psicologia Ambiental é uma área da Psicologia que ajuda o ser humano a viver melhor com o espaço à sua volta. Assim sendo, como podemos alterar o espaço para nos sentirmos melhor? Como podemos melhorar a disposição da nossa casa, para sermos mais criativos, produtivos ou mais sociáveis?

A Psicologia Ambiental é uma área da Psicologia que visa a alteração do ambiente com o objetivo de conseguir o comportamento mais adequado no momento mais adequado. Isto é, nas organizações o meio deve propiciar a produtividade e a inovação, na escola deve propiciar a aprendizagem, a nossa casa deve propiciar o nosso bem-estar a vários níveis.

Existem vários aspetos do espaço que influenciam diretamente o nosso comportamento e emoções em nossa casa tais como:

Amplidão – Um espaço amplo, possibilita uma melhor adaptação ao espaço, permitindo aos indivíduos ajustar as distâncias interpessoais. A amplitude pode propiciar a intimidade, bem como a constituição de grupos.

Visão Expansiva –Uma das coisas relativamente simples e que proporciona uma sensação de segurança e controlo, é o facto de estarmos em qualquer lugar de uma divisão e conseguirmos ver quem entra e quem sai. Quantas vezes de forma inconsciente nos sentamos numa mesa com amigos e evitamos os lugares que fiquem de costas viradas para a entrada? Deve-se a essa mesma necessidade de segurança. Evite então lugares onde não se veja a entrada da divisão.

Cores – As cores são extremamente importantes nas nossas emoções e comportamentos (Ver A Importância das CORES). Para um ambiente mais tranquilo, promovendo o bom funcionamento das capacidades cognitivas. Por outro lado, para um espaço mais emocional e estimulante, dá-se preferência ao vermelho. Investigadores afirmam que o vermelho inibe algumas funções cognitivas, e que deve ser evitado em espaços que valorizem as capacidades cognitivas e intelectuais, tais como escritório, sala de reuniões, etc.

Plantas e flores – Investigadores defendem que trabalhamos melhor em espaços com plantas, especialmente se estas têm as folhas arredondadas. Assim, uma planta no escritório será sempre uma mais-valia.

Personalizar – Personalizar o espaço é fundamental para o bem-estar dos indivíduos. A personalização do espaço, isto é, a organização pessoal é essencial no bem-estar. Promovendo o sentimento de segurança, de pertença, de controlo, o que poderá ter influência sobre a motivação.

Iluminação – A iluminação também é importante nos nossos comportamentos e emoções. Investigações indicam que a luz natural, tem um efeito melhor que a luz artificial no nosso bem-estar. Uma luz mal posicionada, pode desviar a nossa atenção do nosso objetivo central. A intensidade da luz, também influencia diretamente a nossa produção. Assim, quanto mais luz natural melhor. Direcione e posicione a luz, tendo em conta o seu objetivo. Regule-a para intensidade adequada ao objetivo, mais intensa em atividades que requeiram a visão pormenorizada, menos intensa em atividades mais descontraídas.

Existem inúmeros fatores ambientais que influenciam direta ou indiretamente o nosso comportamento e as nossas emoções. Muitos investigadores afirmam que o exterior tem mais influência sobre o nosso comportamento que as nossas características internas.

E você, acha que ambiente tem assim tanto poder?

Posts Relacionados: A importância da Psicologia ; Aprendizagem: 3 Regras para uma Estratégia Eficaz ; NeuroPsicologia: O Cérebro Humano ; Cérebro: Masculino Vs Feminino ; A Importância das CORES ; Efeito Placebo: Conheça este Incrível Efeito; Descodificando o Segredo: Lei da Atração ou Efeito Pigmaleão? ; Psicologia Ambiental

Siga-nos no Facebook , no Twitter ou no Google+

Autor: Jorge Elói