A Felicidade é desde que existe consciência, o objectivo máximo do Homem. Facilmente quando se pergunta a alguém o seu maior sonho, a resposta é “ser feliz!”. Mas porque é tão difícil ser feliz?

Antes de mais, é necessário clarificar o conceito de felicidade:

                  “Característica ou condição de feliz; sensação real de satisfação plena; estado de contentamento; satisfação.”

A felicidade é um objectivo, e como todo o objectivo, pressupõe um caminho, entre o estado actual de não felicidade, até a um estado futuro de felicidade. Como é óbvio cada pessoa escolhe o seu caminho para a felicidade, mas qualquer que seja o caminho, tem obstáculos, limitações o que dificulta o caminho. Umas acreditam que a felicidade está nos amigos, outras na família, outras nas coisas materiais, outras no dinheiro, outras no poder, outras no prazer e outras acreditam que a felicidade está dentro elas.

A felicidade, sendo um estado ou mesmo uma emoção, tem origem dentro de nós e não fora de nós. Porém em alguns momentos as pessoas, inconscientemente podem confundir a felicidade com prazer, daí procurarem estímulos externos, dinheiro, compras, etc. Por vezes não estão a procurar a felicidade em si, mas a evitar a infelicidade, o sentimento de vazio.

 

Porque é tão difícil ser feliz?

Os 7 Maiores Obstáculos:

Não deixar o passado no passado: Muitas pessoas vivem constantemente no passado, segurando-se ao sofrimento e às frustrações. Outras têm esperança que o passado volte. Acreditam que o passado vai existir eternamente e que um dia vai voltar. Acreditar que para serem felizes, teriam de viver nas condições XPTO como viveram no passado.

Ter crenças inadequadas: Muitas vezes, existem crenças que dificultam o caminho. Crenças que nos são incutidas/impostas pela nossa família, sociedade, cultura que podem dificultar o encontrar da felicidade. Quando nos fazem acreditar que determinado valor é essencial para ser feliz, vamos procurar esse valor e enquanto não o encontrarmos, não vamos ser felizes.

Pouco auto-conhecimento: O auto-conhecimento contribui para termos conhecimento das nossas limitações, fazendo-nos acreditar que alguns obstáculos são facilmente ultrapassáveis e não são. Se a família é o mais importante, ao procurar trabalho se o critério principal é dinheiro, provavelmente está-se a afastar da felicidade.

Expectativas muito altas: Adequar as expectativas é como corrigir as lentes. Ajudam a ver mais facilmente os contorno. Além de prevenir desilusões, não apenas relativamente aos outros, como também desiludo-se a si mesmo. Lembre-se que não existem pessoas perfeitas, por mais que você procure, não vai encontrar, além de que você também não é perfeita.

Pouca flexibilidade: as pessoas mais rígidas, têm mais problemas ao superar obstáculos. A aceitar a diferença, a aceitar o imprevisto. Ser flexível, é uma grande no caminho da felicidade. Aceite! Não julgue. Perceba o ponto de vista do outro. Todo o caminho é valido. Não existe um caminho mais valido que outro.

Demasiados problemas: as pessoas que acreditam que a felicidade é a total ausência de problemas, dificilmente encontrarão momentos completamente isentos de problemas. Problemas são problemas, felicidade é felicidade. Ambas podem existir em simultâneo.

Aceite-se e ame-se: Provavelmente a melhor dica sobre a felicidade. Quem não se ama, quem são se aceita. Dificilmente algum dia irá ser feliz, mesmo tendo todo para o ser. Quantas pessoas pensam: tenho tudo para ser feliz, a minha vida é de sonho e porque não consigo? A resposta está na falta de amor próprio, na não aceitação, em não ser honesta consigo própria. Lembre-se você é a pessoa mais importante.

Pode não conseguir agradar os outros, mas pode-se sempre agradar  si própria. Seja honesta consigo própria.

 E você, porque não consegue ser feliz? Identifica algum destes obstáculos?