É unânime que a Atividade Física proporciona inúmeros benefícios, não apenas ao nível físico mas também psicológico. Esta é muito importante para a manutenção da saúde mental. Mas de que benefícios estamos a falar?

Na antiga Grécia antiga alguns filósofos afirmavam que o ser humano é constituído por duas partes fundamentais, corpo e mente, existindo uma clivagem clara entre a natureza, funções e características do corpo e da mente. Porém enganaram-se, pois atualmente já sabemos que não é bem assim! O corpo e a mente formam um único conjunto, sem clivagens, influenciando mutuamente e de forma direta e clara.

A mente influencia o corpo, é evidente, qualquer doença, transtorno mental ou até mesmo o estado de humor, tem consequências a nível físico. Não é difícil perceber, quando estamos tristes ou angustiados, o nosso corpo tem menos resistência e reage mais lentamente do que quando estamos bem connosco próprios e com os outros. Ao nível extremo verificamos as doenças psicossomáticas (Ver Psicosomáticas: Doenças e Sintomas).

Com a Atividade Física, o corto influência a mente com inúmeros benefícios.

-Melhora o Rendimento Académico – atualmente sabe-se que a atividade física tem benefícios diretos sobre capacidades cognitivas, melhorando a capacidade de raciocínio, memória, perceção, atenção. Além de melhorar a auto-estima, auto-eficácia e auto-confiança, necessárias para enfrentar obstáculos académicos e não só.

-Melhora a Inteligência emocional – as pessoas que praticam atividade, têm melhor capacidade de lidar com as emoções, maior auto-controlo, menos irritável e menos ansiedade. Esta melhora emocional, possui influência direta positiva sobre a socialização, o que faz com que as pessoas que praticam atividade física sejam mais socáveis.

-Mantem a Saúde Mental – a atividade física diminui o risco de abuso de substâncias, diminui o risco de depressão, Burnout. Além de reduzir o risco de doenças mentais, reduzem o uso dos remédios, especificamente os sedentários consomem mais 34% de remédios do que as pessoas que praticam atividade física. Nos idosos diminui em 73% o risco de demência senil vascular.

-Melhora a Performance Profissional – a atividade física aumenta a eficiência profissional. Existem empresas que fazem intervalos de exercício físico durante o horário de trabalho, com consequências numa maior produção, ao contrário do que se pensaria inicialmente. Melhora a motivação e confiança, imprescindível no desempenho empresarial, independente da função e da área.

Além dos benefícios psicológicos, a atividade física diminui o risco de diabetes, diminui o risco em 23% de desenvolver o cancro da mama, diminui o colesterol, reduz as probabilidades de pedras na vesícula, evita a osteoporose, aumenta o “desempenho” sexual, melhora o sistema imunitário e atrasa o envelhecimento. Ao nível fisiológico e neurológico a atividade física produz no cérebro, neurotransmissores como a serotonina, essenciais para nos sentirmos “mais felizes” connosco próprios, além ter benefícios sobre fatores orgânicos, como a tolerância da dor. Quem pratica atividade física, possui mais tolerância à dor dos que não praticam.

Sendo claros os benefícios da atividade física é aconselhável, para um corpo e mente sã, uma prática regular, 3 a 5 vezes por semana.

 E você, pratica atividade física?

Posts Relacionados: Aprendizagem: 3 Regras para uma Estratégia Eficaz ; NeuroPsicologia: O Cérebro Humano ; Cérebro: Masculino Vs Feminino ;Efeito Placebo: Conheça este Incrível Efeito ;Psicologia do Desporto: 8 Dicas sobre a Liderança de Mourinho ;Como Definir Objetivos : Ferramenta SMART

Siga-nos no Facebook , no Twitter ou no Google+

Autor: Jorge Elói