Coaching é uma palavra que cada vez mais aparece no nosso quotidiano. Mas o que é o Coaching? Quem pode ser Coach? E quais as semelhanças com a consulta de psicologia?

Coaching pode ser definido de deferentes formas, mas este é fundamentalmente um processo de ajudar a pessoa a mudar no sentido que ela quer, auxiliando-a a caminhar na direção que ela pertente ir. Apoia a pessoa em todos os níveis do processo de tornar a pessoa a melhor versão de si própria.

Coaching é constituído por um processo de acordo entre o coach (profissional) e o coachee (cliente) de forma a atingir um objetivo definido pelo cliente. Através de um conjunto de metas o cliente irá atingir o objetivo pretendido.

Resumidamente, o Coaching inicia-se com a definição de um objetivo, de seguida estabelece-se um conjunto de metas. Posteriormente faz-se uma avaliação dos pontos fracos e fortes do cliente de forma a elaborar um Plano de Acão. Este deve representar o caminho a percorrer, deve ter em conta o ritmo e a forma de cada cliente caminhar.

Existem vários tipos de Coaching:

O Coaching Executivo – Foca-se em capacitar executivos no seu desempenho, não apenas a nível profissional, mas também ao nível pessoal. Ajuda o executivo na definição e identificação de metas, valores, missão da empresa. Este tipo de Coaching, trabalha também em executar as melhores decisões ao nível empresarial, tendo em conta o melhor para cada situação.

O Coaching Pessoal – Este tipo de Coaching visa a capacitação dos clientes na sua auto-realização. Esta pode-se focar na vida de forma geral ou em áreas específicas, como os relacionamentos, carreira, finanças, entre outras. Neste tipo de Coaching, à semelhança de outros tipos, o coach ajuda o cliente na definição de metas, valores, missão e propósito, que neste tipo específico, se focam na própria vida dos indivíduos. O Coaching pessoal pode-se subdividir em vários tipos de Coaching, como o Coaching de Casamento, o Coaching de Emagrecimento, o Coaching financeiro, etc.

O Coaching de Performance – Destina-se à área profissional dos indivíduos e ao seu desemprenho profissional. Este foca-se no desemprenho e no crescimento profissional. Este é centrado nos resultados. Muito utilizado em trabalho por objetivos, como vendas.

O Coaching é muito semelhante com aconselhamento e com terapia, porém não deve ser confundido. Pois no aconselhamento, o individuo sente-se desconfortável e/ou insatisfeito em sua vida, procura um profissional para remediar o seu problema. Na Terapia, o individuo procura ajuda para sintomas físicos e/ou psicológicos que precisam de “cura”.

O Coaching é por muitos considerada uma área de ação da psicologia, visto que as competências dos psicólogos englobam as competências de coach, isto é, um psicólogo pode ser um coach, mas o coach não pode ser psicólogo, pois as competências do psicólogo vão muito além das competências de coach. Muitas vezes associa-se o coaching à Programação Neuro-Linguistica (Ver Programação Neurolinguística ou PNL: O que é?), pois esta é uma ferramenta eficaz de alteração de comportamento, que proporciona o desenvolvimento de competências cognitivas e da personalidade, bem como a eliminação de obstáculos comportamentais.

E você, gostaria de um Coach?

Temas relacionados: A Importância da Psicologia; Ser Psicólogo  ; 6 Passos para Maximizar o Potêncial de Empregabilidade ; Psicologia Clínica e a Relação Terapêutica; Programação Neurolinguística ou PNL: O que é?

Autor: Jorge Elói